sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Como se planejar para ensinar inglês para crianças?

Esta semana recebi o seguinte e-mail:
Boa noite Patrícia,
Gostaria de poder contar com a sua ajuda para fazer um plano de aula para uma criança de 10 anos. Eu acabei de me formar e surgiu uma oportunidade nova, que eu nem havia pensado, em ensinar inglês para uma criança de 10 anos em casa, aula particular, e eu nem sei por onde começar, pensei em pesquisar o que esta idade pode estar vendo na escola e começar por aí, se vc puder me dar um help seria ótimo.
Obrigada
 
Quase a totalidade dos e-mails que recebo são solicitações de como planejar aula para crianças, o que ensinar e como ensinar. Por conta disso resolvi criar este espaço onde ao invés de responder o email eu posto a resposta no blog, auxiliando assim não só o remetente do e-mail mas todos os leitores do blog. Solicito também que deixem comentários, pois embora eu tenha uma média de recebimento de pelo menos 30 solicitações mensais no e-mail eu não tenho qualqur feedback sobre os assuntos do blog e isso não ajuda, pois não sei se o conteúdo está realmente sendo útil para vocês.

Recado dado, vamos para as sugestões:

Primeiro vamos pensar em você como uma profissional, uma professora que leciona inglês em casa para crianças. Crie um logo. Crie um papel personalizado para suas atividades. Padronize seus trabalhos e isso agregará valor e deixará suas aulas mais profissionais. Coloque um cabeçalho, coloque bordas, deixe impecável.





Planejamento: Faça um planejamento anual de tudo que deseja que as crianças aprendam, afinal quando um pai coloca uma criança em aulas de inglês ele espera que após um determinado tempo haja um progresso, com o planejamento você dará um tom mais profissional ao seu trabalho, estará pronta para receber crianças de qualquer idade, poderá acompanhar o crescimento dos seus alunos e traçar metas e objetivos para eles. Um planejamento também permite desenvolver atividades de forma ordenada, separar os assuntos e saber o que vai ensinar.

Um bom planejamento é aquele que embora seja abrangente, envolvendo vários meses e vários assuntos também é flexível para abraçar a criatividade do professor e os imprevistos que aparecerem.

Comece separando as atividades que irá desenvolver com crianças de idades diferentes, e esteja pronto para desenvolver seu planejamento adaptando-o para o pré conhecimento dos alunos. Faça planejamentos personalizados para os grupos. Você pode separar os grupos como quiser e principalmente de forma adequada para sua realidade, minha dica é:

Separe as crianças em grupos:
  • Grupo 1: de 3 e 4 anos
  • Grupo 2: de 5 a 7 anos
  • Grupo 3: de 9 a 11 anos
  • Grupo 4: de 12 a 15
  • Grupo 5: a partir dos 16

Se for trabalhar com pessoas de outras idades separe a turma pelo nível de conhecimento.

Por que separar as crianças? Pessoas se sentem motivadas pelos mais diversos estímulos e cada uma apresenta um tipo diferente de motivação, por isso temos que separá-las por idade, uma música ou uma coreografia que motiva uma criança a pular e dançar provavelmente não divertirá com a mesma intensidade uma criança de 8 anos, outro ponto é a velocidade de aprendizado, os métodos utilizados para cada uma delas e as atividades que podem ser desenvolvidas. Se não houver a possibilidade de separá-los e você tiver que lecionar o mesmo conteúdo para várias crianças prepare atividades para cada uma levando em consideração a idade e a forma como a criança aprende o conteúdo, para crianças maiores é necessário mais conteúdos, mais atividades e mais desafios.

No planejamento separe os conteúdos que serão ensinados de forma que ao passar do tempo os conteúdos se complementem e coisas ensinadas antes possam ser usadas em aulas futuras, não esqueça também de agregar partes de outros conteúdos no conteúdo principal. Uma dica é quando você for ensinar o conteúdo família (pais, avos, primos, tios, irmãos e irmãs), você pode aproveitar e junto com este conteúdo ensinar também a palavra “friend”, palavra “pet” e os nomes de animais como “dog” e “cat”.

Dicas de conteúdos:
  • Saudações
  • Períodos do dia
  • Família
  • Brinquedos
  • Cores
  • Números
  • Animais
  • Alimentos e bebidas
  • Nomes de locais como parque, supermercado, praça, cinema, teatro, escola, etc.
  • Objetos escolares
  • Matérias escolares
  • Cômodos da casa
  • Verbos auxiliares
  • Verbos como like, play, sing etc

Para uma criança de idade por volta dos 3 anos o seu planejamento para ensinar os números pode contemplar do número 0 ao 10 por exemplo, enquanto para os de 8 anos você pode ensinar até o 20 e os maiores podem aprender até o número 100. (Inclua os ordinais a partir dos 9 ou 10 anos). Para cada idade você precisa usar o bom senso e agregar mais conteúdo, quanto maior a idade e o conhecimento mais conteúdo você pode adicionar ao seu planejamento.

O Planejamento

As crianças se dispersam muito fácil, por isso o professor deve estar atento as atividades desenvolvidas para que elas contenham coisas que as crianças gostem, é preciso também ser flexível pois as vezes o professor planeja uma aula e as crianças estão muito agitadas ou acontece um imprevisto, é preciso estar preparado. Sempre planeje atividades extras, que poderão ser usadas nesses casos. As vezes planejamos uma atividade e antes do que pensávamos as crianças já estão desinteressadas. Tenha sempre a mão as atividades extras!

Observe o que seus alunos apreciam, converse com os pais e leve as atividades que eles gostam para dentro da aula, adapte jogos, brincadeiras, músicas e esteja preparado para usar muito a voz, para pular, para sorrir, gritar e voltar a ser criança.

As crianças adoram ser desafiadas, mas cuidado: nunca diga: “Ah você não consegue” Diga: “Eu consigo fazer isso e você? Aposto que você também consegue! Vamos ver?”

Evite também utilizar palavras negativas, no lugar de dizer “Está errado, você terá que fazer tudo de novo”, Diga “Você foi ótimo, parabéns, só um item que eu gostaria que você refizesse, vou te explicar de novo e a gente refaz juntos.” Depois diga: “Você é muito inteligente e aprende muito rápido” Parta da premissa que as pessoas são aquilo que a gente diz que elas são. Se um pai vive dizendo “Você é um burro, você nunca vai aprender nada” então será mais fácil que a criança aceite e viva isso do que ela se superar e provar que não é. Por isso devemos sempre ter em mente que crianças são humanas, que elas podem errar a vontade, que você está ali para ensinar e que se ela errar pela décima vez você pacientemente vai explicar até que ela entenda e aprenda. Na maioria das vezes a falta de criatividade, motivação e interesse do professor prejudica o aluno. Não seja assim. Seja o que diz “Eu sei que você consegue! Eu sei que você é muito inteligente”! E seu aluno será. Tive muitos alunos que já estavam desenganados na escola, todos diziam o quanto burro eles eram e suas notas foram caindo até que eles estavam tão desmotivados com a escola que não tinham mais interesse em aprender e viraram alunos totalmente dispersos. Seja o contrário, seja o motivador, o que acredita, diga isso para ele, diga “Você é muito inteligente, e se você não aprendeu isso ainda se prepare porque eu tenho certeza que você aprenderá” tenha paciência, ensine calmante, separe este aluno dos outros, e motive os pais e os amigos a parabenizar seus progressos, quando o aluno estiver presente e você estiver conversando com outra pessoas, seja pai, família, amigos ou até mesmo desconhecidos elogie a criança, diga que ela é ótima e já aprendeu bastante. O resultado será surpreendente.

Como eu disse anteriormente as aulas precisam ser dinâmicas, utilize muito material concreto, muitas fichas, jogos da memória, jogos diversos, brincadeiras, música, coreografias, atividades de recortar e colar, cartazes e o que mais a sua criatividade mandar. Você tem em mãos uma atividade com atores ou musicas antigas? Adapte e traga para atividade os artistas famosos entre seus alunos e as músicas dos grupos que eles mais gostam! Desafie seus alunos. Desafie a si próprio a cada dia ser melhor e melhor no que faz.

Sugestão de atividades para lecionar inglês para uma criança de 10 anos:

Crie fichas com cartolina, pegue uma cartolina e corte em 4. Em cada parte escreva um número e atrás escreva o nome desse número em inglês, se você preferir faça uma busca na internet por estas fichas e cole na cartolina. Na busca do google clique em imagens, na caixa de pesquisa escreva “coloring numbers” e escolha as fichas que gostar. No caso dos números de 0 a 10 você vai utilizar 3 cartolinas, mas se preferir pode fazer as fichas menores.





Comece a aula dizendo para a criança que hoje vocês vão aprender os números em inglês, fale um pouco dos números em português, pergunte para que servem, como seria o mundo sem os números e depois então mostre a primeira ficha, diga “This is... Number One” Peça para o aluno repetir, em seguida faça isso com todos os números, de 0 a 10. Explore várias atividades com as fichas, mostre números aleatórios e pergunte o nome, coloque a face com os números para baixo e pergunte para o aluno se pelo nome ele sabe dizer que número está embaixo. Na sequência vocês podem brincar de jogo da memória com fichas com nomes que deverão ser correspondidas com números.

Esse conteúdo é super tranquilo para uma criança de 10 anos, por isso ela pode ser abordada só em uma aula, nas aulas seguintes ensine algo que você possa também utilizar os números, assim você ensina algo novo e relembra o que já foi visto.

Em minhas aulas eu nunca abri mão do dever de casa, e sou firme nessa decisão, pois na minha opinião as atividades desenvolvidas em casa possuem um grande peso no aprendizado, podem englobar atividades de escrever que são menos interessantes para as crianças, valoriza seu tempo com eles e deixa para casa as atividades que eles podem fazer sozinhos, mostra para os pais o progresso dos filhos e reforça tudo que você ensinou além de ser uma das formas de você conhecer seu aluno, suas responsabilidades, seu progresso e seu compromisso com o aprendizado. E não tenha medo de exagerar, mande pelo menos 3 atividades diferentes englobando atividades de leitura, repetição em voz alta, colagem, recorte e cópia. Utilize o tempo que o aluno está com você para realizar atividades que ele não conseguiria realizar se você não estivesse lá, ensine coisas que ele vai querer fazer em casa, vai querer mostrar para a família, para os amigos, tudo isso valoriza o seu trabalho e dá um tom único, totalmente personalizado. Seja criativo, inteligente, diferente, inovador!

Sempre revise as lições de casa e se o aluno não conseguiu realizar ou concluir uma atividade refaça com ele, explique de novo se for preciso e estimule a realização da tarefa.

Personalizando o seu trabalho ainda mais

Crie seu logo e utilize-o em uma folha personalizada, com borda e cabeçalho. Imprima todas as atividades e avisos nestas folhas, pois além de dar um tom mais profissional vai deixar sua marca nas atividades. (modelo acima)

Crie seus próprios DVDs. No Windows existe um programa super bacana e fácil de utilizar para criação de DVDs , chamado “Criador de DVD do Windows”. Com algumas imagens e sua voz você pode criar vários DVD's personalizados com os conteúdos de suas aulas e dar para que as crianças revisem as lições em casa. Eu mesma criei um desses com os nomes dos meses do ano. Confira no meu canal do youtube, clicando aqui.

Espero que tenham gostado das dicas. Continue enviando suas solicitações.

Beijos

7 comentários:

  1. mt show esse blog Patrícia, amei e parabéns pelo excelente trabalho...abs

    ResponderExcluir
  2. Olá!! Tudo bom?
    Muito bacana seu post sobre como se planejar para ensinar inglês para crianças!
    Eu faço produção de conteúdo para o http://www.ensinobilingue.com.br/ e recentemente fizemos uma matéria sobre professores de ensino bilíngue! Dá uma olhada: http://www.ensinobilingue.com.br/2011/09/o-papel-do-teacher-na-educacao-infantil.html

    Tomara que goste!
    Parabéns pelo blog!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu simplesmente amei seu blog, esse ano peguei turminhas de maternal e jardim I, II e III, e não sei que conteúdo aplicar, poderia me dar uma ajuda?
    Agradeço desde já

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Patrícia, acabei de me formar em pedagogia, tenho o curso de inglês, mas faz muito tempo que não me envolvo com a lingua, surgiu uma oportunidade para trabalhar em uma escola, a diretora me deu todas as turmas da escola, do maternal ao 5º ano, to muito perdida, nao sei nem por onde começar, o que fazer na primeira aula... to com medo que eu nao consiga, que eu nao alcance os objetivos esperados e confiados nela em mim. Me ajuda por favor. qualquer coisa manda pro meu e-mail algumas dicas, é ingrid.mate@hotmail.com
    Agradeço muito.
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Nossa,adorei..Quero comecar a ensinar criancas e nao sabia por onde comecar.Vc me ajudou muito..

    Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Oi, adorei suas dicas. O que vc sugere para uma criança de 2 anos? vc tem idéias, dicas, material? por favor, me ajude! obrigada!

    ResponderExcluir